sábado, 4 de maio de 2013

Primavera

Entre o aroma perfumado das alfazemas
e do pasto fresco, sonhava acordada
O sol entrava intermitente pelos ramos do chaparro
O chapim chilreava alegremente ali ao lado
e num desatino viam-se as cegonhas ao longe
atarefadas com as suas crias.
Assim surgia, resplandecente a primavera
naquele local onde tudo vivia numa calma aparente
com corações e mentes fervilhantes
e olhos cheios de saudades!

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails