sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A little paradise

A ilha que um dia encontrei descrita num texto de um livro de 4º ano, como sendo parte do restante dos cumes mais altos da lendária Atlântida, é toda ela envolta em beleza e misticismo. Saindo da parte mais cosmopolita da ilha, que aqui mostro numa versão a roçar o antigo, e percorrendo a ilha pelos vales e montanhas, de preferência  fazendo alguns trilhos a pé, conhecem-se pequenos mas grandiosos retalhos de pura beleza!
Falo apenas de São Miguel, não querendo de modo algum, menosprezar a outras ilhas, mas só me posso pronunciar daquilo que conheço e é desta sublime ilha, onde ao todo vivi três anos da minha vida, que posso partilhar o que os meus olhos e a minha objectiva captaram.
Partindo de Ponta Delgada e subindo a montanha em direcção às Sete Cidades, em plena Primavera, ainda com os primeiros raios a rasgarem as nuvens, tem-se uma paisagem que nos faz acreditar que chegamos ao paraíso, ou então que ele é algures bem próximo! O ideal é estacionar o carro e fazer os inúmeros trilhos que por ali há para percorrer (claro que não façam como eu, não fiquem tão anestesiados por tanta beleza que se esqueçam de fotografar).
Seguir até aos Mosteiros, com paragem na Ferraria, que para mim é um dos pontos mais místicos de toda  a ilha, é obrigatório. A energia que este local me transmitiu deixou-me, sempre que lá fui, num estado de eloquência tal, que até hoje, só de pensar, me faz suster a respiração, não esquecendo que no meu tempo era possível tomar um belo banho de água quente no mar.
Os Mosteiros é um dos locais onde presenciei um dos mais belos pôr-do-sol. A sua natureza agreste, quase nos remete para um local inóspito que a cegueira humana ainda não desbravou.
Seriam precisas mais umas horas de escrita e uma boa quantidade de parágrafos para descrever o que de belo por lá há. Deixo para um próximo momento de desaire saudosista! Por agora, ficam estas palavras acompanhadas destas imagens, que vão desde as Portas da Cidade de Ponta Delgada, até ao Nordeste, passando pela costa Norte da ilha,  Sete Cidades e  Furnas!

7 comentários:

  1. Olá Ana. Magníficas fotos, cheias de côr e uma belíssima descrição! Cumprimentos, Jorge Sousa www.ibernatur.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Essa volta que descreves é fantástica.. todos os recantos da ilha são mágicos,adorei !!

    ResponderEliminar
  3. Ahhh... andaste a maravilhar a alma? Boas fotos.

    ResponderEliminar
  4. Muito interessante este teu trabalho. Estão lindíssimas!

    ResponderEliminar
  5. Também quero ir a esse paraísooooooooooo :)
    Que paisagens lindíssimas, ficava aqui horas a contemplar a sua beleza natural
    Beijokas

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana, belo trabalho...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. muito boas estas fotos, ao ver ate da vontade de ir aos acores fazer uns clicks
    gostei muito destes tons amiga...

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails