sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Como que a pedir socorro, ouvia-se o ranger da madeira que as labaredas devoravam assolapadamente! As chamas crepitavam alegremente, as sirenes assobiavam, os helicópteros (pássaro mecânico que agora substituía os pardais) provocavam um zumbido ensurdecedor. Todo aquele ambiente parecia saído dum qualquer inferno descrito nos mórbidos relatos da igreja...
As árvores até então verdes, frondosas, com toda a sua imponência viva, vergavam, dolorosamente! Aquela Natureza repleta de cores, de cheiros, de vibrações celestes e idílicas era agora um ruidoso, cinzento e mal cheiroso antro de matéria inerte...
Olhar o monte provocava uma imensidão se sentimentos desastrosos... Tudo era verde até há uns dias atrás!
De um verde de arregalar os olhos, que proporcionava uma frescura inigualável. No meio de toda este verde refrescante, apareciam lagoas e cachoeiras, como se realmente se estivesse num dos paraísos descritos (tal como o inferno) na bíblia infantil  que li quando tinha uns oito anos!
De um momento para o outro, provocado por um qualquer ser ignóbil, desprezível, quase tão inerte como uma pedra (pelo menos no sentir), tudo se transforma, tudo se reduz, tudo morre num sucumbir que dá dó...

São Pedro do Sul, Agosto de 2010

(Edição da 2ª foto feita pelo meu amigo Sérgio Condessa - OBRIGADA!)

4 comentários:

  1. boa amiga....
    sempre pronta po click
    continuo deste lado a espreitar as tuas intermitencias....

    ResponderEliminar
  2. Imensamente tristes estas tuas fabulosas imagens... contradições, mas é assim que vejo de certo modo estas situações..incrédulas!!

    ResponderEliminar
  3. Excelente texto e fotos. Quanto ao ser ignóbil que lançou o fogo (se é que assim foi), resta-nos verificar quem ganha com os fogos. Sim, porque não são todos maluquinhos pirómanos fascinados com as labaredas que andam a atear os fogos. Quem ganha com isto?

    ResponderEliminar
  4. Olá Ana. Gostei bastante das fotos (apesar de documentarem um flagelo de Verão). Mas adorei o texto! Cumprimentos, Jorge Sousa www.ibernatur.blogspot.com

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails